Audiovisual2019-07-16T17:20:57-03:00

Invista em um produto com benefícios fiscais e fomente a cultura.

Incentivo Fiscal através da subscrição de Certificado de Investimento para o setor Audiovisual. A Lei foi criada em 1993 para fomentar a Indústria Cinematográfica e, desde então, podemos ver grandes avanços na produção de filmes nacionais. Os projetos são aprovados pela Agência Nacional de Cinema – ANCINE e autorizados a captar recursos através da Emissão Pública de Certificados de Investimento para o Audiovisual, devidamente registrados na Comissão de Valores Mobiliários – CVM.

FOMENTO À PRODUÇÃO DE CONTEÚDO AUDIOVISUAL NACIONAL,
COM BENEFÍCIO FISCAL PARA EMPRESAS TRIBUTADAS COM BASE NO LUCRO REAL.

O que é?

A captação de recursos através do Artigo 1º da Lei 8.685/93 para realização de obras audiovisuais é feita através de oferta pública de Certificados de Investimento, registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Empresas que optam pelo Lucro Real na apuração do Imposto de Renda podem abater até 3% no seu imposto a pagar, calculado sobre a alíquota de 15%, investindo em filmes nacionais autorizados pela Ancine para captação de recursos através desse mecanismo e registrados na CVM. Além da possibilidade de abater totalmente o valor do investimento, é permitida a exclusão desse aporte no LALUR, como despesa operacional, diminuindo o Lucro Real, o que gera uma diminuição no valor dos impostos a recolher (economia fiscal).
O benefício fiscal se estende também à pessoa física, que poderá abater até 6% do Imposto de Renda.

Prezados clientes, informamos, para os devidos fins, que as demonstrações da apuração do LALUR, correspondentes ao ano base 2019, são meramente exemplificativas e hipotéticas. Dessa forma, esta empresa, reverenciando o comprometimento com a transparência e exatidão na relação com as pessoas que nos depositam sua confiança, permanecemos à disposição em nossos canais de atendimento em caso de dúvidas. Para conhecer o demonstrativo, Clique Aqui.